A campanha Agosto Dourado é celebrada na Semana Mundial do Aleitamento Materno, 1º a 7 de agosto, promovida pela OMS e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em mais de 170 países. 

A Semana da Amamentação foi baseada através da Declaração de Innocenti, trata-se de um documento criado pela OMS e a UNICEF, que tem como objetivo a redução da mortalidade infantil e todos os assuntos ligados a amamentação, como exemplo:  

  1. Estabelecer um comitê nacional de coordenação da amamentação;
  2. Implementar os “10 passos para o sucesso da amamentação” em todas as maternidades;
  3. Implementar o Código Internacional de Comercialização dos Substitutos do Leite Materno e todas as resoluções relevantes da Assembléia Mundial de Saúde;
  4. Adotar legislação que proteja a mulher que amamenta no trabalho.

Segundo a OMS, o aleitamento materno é a maneira ideal de fornecer às crianças os nutrientes que elas necessitam para um desenvolvimento saudável, visando principalmente diminuir a mortalidade infantil. Neste ano a campanha fala sobre a importância das políticas públicas no empoderamento para incentivar a amamentação.

Em 2019, o tema é “EMPODERAR MÃES E PAIS, FAVORECER A AMAMENTAÇÃO. HOJE E PARA O FUTURO!”

Fonte: folder-sman-ibfan2019

 

As taxas globais do aleitamento materno têm aumentado em todo mundo, as taxas variam muito de um local para o outros, mas de uma forma geral apenas 40% dos bebês são amamentados até os 6 meses exclusivamente.

Segundo IBFAN a amamentação poderia evitar mais de 823.000 mortes de crianças e 20.000 óbitos maternos a cada ano. É necessária uma ação organizada para atingir a meta da Assembleia Mundial da Saúde (AMS) de pelo menos 50% de amamentação exclusiva durante os 6 meses até 2025.

Amamentar é a prática mais econômica e exige um esforço de todos os envolvidos. Para a saúde da criança, o aleitamento diminui a ocorrência de diarreias, afecções perinatais (problemas respiratórios e complicações de saúde antes, durante e logo após o parto) e infecções, que são as principais causas de morte entre recém-nascidos. Já para a mulher, as chances de desenvolver câncer de mama e de ovário reduzem significativamente.

Além de promover a saúde da criança, a Semana Mundial da Amamentação (SMAN) também busca incentivar que mulheres exerçam o seu direito de amamentar. 

Incentive, apoie e ajude. A participação de todos é muito importante para a saúde do bebê e da mãe.

Todos juntos pela amamentação!

 

FONTE:

FIOCRUZ. Semana Mundial de Aleitamento Materno – SMAM. Disponível em: http://www.redeblh.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=377. Acesso em 31/07/2019.

IBFAN BRASIL. SMAM 2019 – “EMPODERAR MÃES E PAIS, FAVORECER A AMAMENTAÇÃO. HOJE E PARA O FUTURO!”. Disponivel em: http://www.ibfan.org.br/site/noticias/smam-2019-empoderar-maes-e-pais-favorecer-a-amamentacao-hoje-e-para-o-futuro.html. Acesso em 31/07/2019.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Blog da Saúde. Semana Mundial da Amamentação: o leite da mãe é alimento ideal para todo bebê. Disponível em: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/50049-semana-mundial-de-aleitamento-materno-o-leite-da-mae-e-alimento-ideal-para-todo-bebe. Acesso em 01/08/2019.