Quando o meu bebê vai encaixar?

0
621

Antes de qualquer coisa é importante entender que cada gravidez é diferente, mas, isso não diferencia no fator ansiedade pelo nascimento da criança ou em relação a dúvida se o bebê já está ou não encaixado.

O encaixe é entendido, quando o bebê  já está com a cabecinha (ou o bumbum) fixo na pelve da mulher, sem ficar mais se movendo com tanta frequência.  Muitas pessoas pensam que estar encaixado é estar de cabeça para baixo, mas o bebê pode estar de cabeça para baixo e “alto”, ou seja, não fixo na pelve e portanto não encaixado.

Nos primeiros meses de gestação o feto é altamente móvel dentro da barriga da mãe, devido a quantidade relativamente grande do líquido amniótico e pelo tamanho do feto. Mas ao decorrer da gestação, a frequência da posição pélvica( o mesmo que bebê sentado) diminui com o passar das semanas.  

E por que o bebê encaixa?

O bebê encaixa porque, conforme ele cresce, ocorre também mudança na parte do útero, pois as estruturas ficam mais largas, e a cabeça do bebê (ou às vezes o bumbum, se ele estiver sentado) se encaixa na cavidade pélvica/ bacia.

A mulher sente as mudanças no corpo quando isso ocorre?

Geralmente sim, existem diversas mudanças no corpo quando ocorre o encaixe do bebê, tais como:

  • Diminui a movimentação da criança, por falta de espaço;
  • Pontadas na virilha;
  • Melhora na respiração;
  • Diminui a azia;
  • Maior dificuldade para andar;
  • Maior  vontade de urinar devido à compressão da bexiga;
  • A barriga fica mais baixa;

O encaixe do bebê  seja da cabeça ou das nádegas na pelve materna geralmente ocorre entre 36ª e 38ª semanas, porém existe a possibilidade do encaixe acontecer no período mais tardio ou até mesmo no momento do trabalho de parto.

Importante!!! Algumas mamães de primeira viagem ficam preocupadas quando o bebê não encaixa dias antes do parto. Saiba, que não há problema nenhum nisso. No momento exato as contrações do trabalho de parto fará o seu papel.

Geralmente, os bebês nascem de cabeça para baixo, chamada de “apresentação cefálica”. Desta forma, a avaliação clinica é importante, pois acompanha a pelve óssea da gestante e avalia se é grande o suficiente para a passagem da cabeça do bebê.

Quais as razões para o bebê não encaixar?

  • O bebê pode ser maior que a pelve da mãe;
  • O bebê pode estar em posição diferente;
  • Quando ocorre o  bloqueio da placenta, como por exemplo, placenta prévia.

Qualquer dúvida pertinente ao encaixe do bebê, consulte o profissional responsável pelo pré-natal, pois ele fará a avaliação(palpação da barriga) e informará se já está ou não encaixado.

Para maiores esclarecimentos, ligue para o Alô Mãe: 0800 200 02 02 e fale com um dos nossos enfermeiros.

 

Alô Mãe Paulistana

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here