O método mais conhecido é feito de látex, um tipo de borracha, que cobre o pênis durante a relação sexual, para impedir o contato do pênis com a vagina, com o ânus ou com a boca. Ele funciona como uma barreira, pois o esperma ejaculado pelo homem fica retido na camisinha.

A camisinha masculina também é eficaz para proteger das DST/HIV/AIDS quando usada em todas as relações sexuais, antes de qualquer contato do pênis com a vagina, com o ânus ou com a boca.

A camisinha pode também evitar a gravidez, sendo um eficiente método contraceptivo.

O preservativo é descartável, não devendo ser reutilizado.

Método contraceptivo distribuído gratuitamente no SUS. Método reversível. Os métodos reversíveis são aqueles que, como diz o nome, podem ser revertidos. Ou seja, quando a pessoa deixa de utilizá-los, poderá engravidar.

Lembre-se! Os preservativos feminino e masculino não devem ser usados ao mesmo tempo, porque o atrito entre eles aumenta o risco de rompimento. Para a relação sexual escolha apenas um dos tipos de camisinha.

Leia mais em: Gravidez Psicológica

Alô Mãe Paulistana