Segundo o Ministério da Saúde, o parto normal é o mais aconselhado e seguro, devendo ser disponibilizados todos os recursos para que ele aconteça.

Durante o pré-natal e o trabalho de parto, o profissional que atende a gestante avaliará as condições dela e do bebê, para identificar fatores que possam impedir o parto por via vaginal. “O melhor parto é aquele que oferece maior segurança para a mãe e para a criança”, explica Rosiane Mattar, membro da Comissão de Gestação de Alto Risco da

Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Para isso, é preciso acompanhar o desenvolvimento da gravidez no pré-natal e avaliar qualquer tipo de complicação.

É direito da mulher definir durante o pré-natal o local onde ocorrerá o parto. Vale ressaltar que os partos podem ser realizados nos centros de parto normal, em casa ou em qualquer hospital ou maternidade do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte:

Portal Brasil. Saúde. Partos. SUS. Modificado em 07/2014.

Para mais informações ligue em nossa central de atendimento: 0800 200 02 02 das 08 às 22h de 2ª a 6ª, e aos sábados das 08 às 15h.