A criança prematura tem pequena quantidade de ferro armazenado no organismo, sendo necessário administrá-lo sob a forma de medicamento para prevenir a anemia por deficiência de ferro.

A anemia é frequente entre essas crianças, após a alta hospitalar, cuja prevenção é feita através da administração de sulfato ferroso, além da alimentação adequada.

O sulfato ferroso (gotas) é melhor aproveitado se administrado com suco de laranja, limão ou acerola, uma vez que a vitamina C facilita o aproveitamento do ferro.

O leite costuma dificultar a absorção de ferro, neste caso, é recomendável dar o sulfato ferroso longe das mamadas.

As fezes do bebê que recebe sulfato ferroso, podem ficar mais escuras e amolecidas; porém não é motivo de alarme para as mães.

A criança prematura também tem deficiência de vitaminas, sendo recomendado a administração de complexos vitamínicos (gotas).

Estes podem ser ingeridos junto com o sulfato ferroso.

Sempre seguir a orientação do pediatra que acompanha o bebê.

 

Fonte:

Brasil. Ministério da Saúde. Biblioteca virtual em saúde do Ministério da Saúde. Manual Técnico. Cuidados com o bebê prematuro. Orientações para a família. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/Cartilha_cuidados_bebe_premat.pdf