A pneumonia infantil é considerada como um dos problemas de saúde que mais matam crianças menores de cinco anos de idade no mundo. Trata-se de uma inflamação aguda dos pulmões que costuma ser causada por um vírus, ainda que, em certos casos, são por: 

  • Bactérias;
  • Fungos;
  • Aspiração de líquidos;
  • Larvas;
  • Parasitas.

Geralmente a pneumonia começa com sintomas de um resfriado comum, como nariz escorrendo e espirros. Outros principais sintomas são:

  • Dificuldade em respirar;
  • Tosse, com ou sem presença de secreção;
  • Febre alta, acima de 38º C;
  • Perda de apetite;
  • Dor de cabeça;
  • Vômitos devidos à tosse ou por engolir mucosidades;
  • Sensação geral de mal-estar;
  • Sonolência.

Como é feito o diagnostico?

O médico examinará o tórax da criança com um o auxilio de um estetoscópio, sendo possivel uma radiografia do tórax e algumas análises de sangue, a fim de poder diagnosticar corretamente a doença. 

A avaliação deve ser realizada o mais rápido possível, assim, evitará complicações graves, como parada respiratória.

Como tratar a pneumonia infantil?

A pneumonia quase sempre tem cura e raramente é contagiosa. O tratamento quase sempre é feito em casa com medicamentos para a febre, antibióticos, controle alimentar e repouso. A duração do tratamento varia de acordo com o agente, mas geralmente dura em torno de 7 a 14 dias. 

É importante seguir a prescrição médica corretamente. Deve-se dar o medicamento na hora e na dose indicada pelo pediatra para garantir a cura da pneumonia.

 Alguns cuidados importantes:

  • Ofertar a criança uma boa alimentação, rica em frutas, legumes e verduras;
  • Ofereça muita água e hidrate a criança ao longo do dia;
  • Manter as vias aéreas limpas (nariz, garganta e boca);
  • Evitar uso de qualquer medicamento sem orientação médica;
  • Realizar inalação conforme prescrição médica;
  • Evite lugares fechados, pois isso facilita a transmissão do vírus;
  • Converse com o pediatra sobre a vacina contra a gripe. 

Importante! A tosse pode durar por mais de duas semanas após seu filho ter se recuperado completamente. Geralmente a pneumonia não resulta em nenhum dano permanente para os pulmões. Somente o médico é capaz de garantir o melhor tratamento para a criança. 

Os nossos enfermeiros estão disponíveis para esclarecer essa e outras dúvidas. Se preferir, entre em contato conosco pelo 0800 200 0202 ou via Chat.