Geralmente uma gestação percorre até 40ª semanas, e nessa fase o parto é considerado a termo. Porém, alguns partos podem acontecer antes do tempo previsto (pré-termo) ou após (pós-termo).

O que é parto pré-termo?

O parto pré-termo, também conhecido como parto prematuro é aquele que se inicia antes da 37ª de gestação.

Veja alguns fatores podem contribuir para o parto prematuro (pré-termo):

  • Início precoce das contrações uterinas e da dilatação do colo;
  • Rotura prematura das membranas (bolsa de águas);
  • Anomalias da placenta (descolamento, placenta prévia e placenta baixa); 
  • Anomalias uterinas (útero septado, útero bicórneo, fibromiomas, incompetência cervico-ístmica);
  • Gravidez de gêmeos;
  • Tabagismo e estresse psicológico;
  • Polidrâmnio: aumento do liquido amniótico;
  • Infecções: como infecção urinária e vaginite;
  • Mal formações, doenças metabólicas;
  • Trabalho físico excessivo ou que exija longos períodos em pé.

Ficou na dúvida? Converse com o médico responsável pelo seu pré-natal e esclareça todas as suas dúvidas.

E o bebê que nasce antes do tempo?

Umas das preocupações com o bebê prematuro é a imaturidade pulmonar, dificuldade para regular a temperatura corporal e dificuldade para ganho de peso. Contudo, fiquem tranquilos pais, pois a criança receberá todo o cuidado na maternidade e se desenvolverá sem maiores riscos.

Conheça também: A Importância da placenta!

Alô Mãe Paulistana