Neste início ocorre a adaptação de seu corpo e de seus sentimentos, trazendo sensações ora de prazer, ora de desconforto.

Faz parte desse momento a oscilação entre a aceitação e a recusa da gravidez.

Fique tranquila, o sentimento de não querer a gravidez pode acontecer e não causará danos ao bebê.

Você vai perceber o aumento dos seios, também pode sentir mais sono, mais fome, enjoos e até ficar mais cansada.

Não se preocupe, tudo isso é comum! São as adaptações necessárias da gravidez.

É importante alimentar-se de maneira saudável, não ingerir bebida alcoólica nem fumar ou usar drogas.

Nestes casos, peça ajuda ao profissional de saúde. A gravidez não causa cárie, mas as gengivas podem ficar mais sensíveis e ser facilmente irritadas pela placa bacteriana.

Capriche na higiene bucal (utilize escova, pasta e fio dental), mantenha uma alimentação saudável, controle a quantidade de açúcares e faça acompanhamento durante o pré-natal com um dentista.

Durante as consultas você receberá orientações importantes para o cuidado com a saúde sua e de seu bebê.

Uma boa higiene bucal da mãe cria um bom hábito de higiene na criança. Você deve comparecer mensalmente às consultas do pré-natal e fazer todos os exames solicitados.

Aproveite para falar de suas preocupações e sentimentos.

 

Fonte:

Brasil. Ministério da Saúde. Saúde da Mulher. Caderneta da Gestante.