O molusco contagioso é uma doença infecciosa viral dermatológica, frequente em crianças onde a sua prevalência é maior em crianças entre 3 a 10 anos de idade. Caracterizada por pequenas bolhas rosadas ou brancas, que podem variar de tamanho e ser confundida com verrugas.

Em crianças a infecção é comum pelo fato da imunidade não estar completamente desenvolvida. O seu contágio e através de pele a pele ou através de objetos contaminados. Tais como: Roupa de banho/cama e brinquedos.

Sobre os sintomas…..

São lesões pequenas (de 1 a 5 milímetros de diâmetro), de cor acinzentadas ou amareladas no centro e avermelhadas por fora. 

As feridas podem surgir na gengiva, boca, bochecha, língua e céu da boca. Pela sensibilidade gengival é comum notar sangramento.

Como funciona o diagnóstico?

O diagnóstico é basicamente clínico com base no aspecto da lesão e do material obtido à expressão das pápulas. É importante lembrar que o diagnóstico e tratamento é da responsabilidade do médico dermatologista.

E o tratamento?

O tratamento pode ser realizado através de métodos químicos, físicos e imunoterápicos. A curetagem cirúrgica é um método efetivo e de fácil resolução, porém pode apresentar efeitos colaterais como dor local, e não ser indicada para lesões em áreas sensíveis como face. Consulte o seu médico e veja a melhor opção de tratamento.

Fonte:

FRAUCHES, Diana de Oliveira; Siqueira, Carla Coradine; Mata, Thays Furtado Dias. Tratamento de Molusco Contagioso em crianças: uma revisão sistemática de literatura. Disponível em: https://www.rbmfc.org.br/rbmfc/article/viewFile/1468/872. Acesso em: 18/02/2019.