Os métodos anticonceptivos cirúrgico, dificilmente revertidas. Pode ser realizado, na mulher, por meio da ligadura de trompas (laqueadura ou ligadura tubária) e, no homem, pela ligadura dos canais deferentes (vasectomia).

No Brasil, a Lei do Planejamento Familiar só permite realizar a ligadura de trompas e a vasectomia voluntárias em maiores de 25 anos, com pelo menos dois filhos vivos e em casos em que há risco de vida para a mulher ou para um futuro bebê. Leia aqui ( Lei do planejamento familiar) 

LIGADURA DE TROMPAS

Para este procedimento, as trompas femininas são cortadas e obstruídas, evitando-se assim que os espermatozoides possam vir a encontrar os óvulos. O procedimento não altera o perfil hormonal da mulher, não está relacionada a ganho de peso ou diminuição da libido.

VASECTOMIA

É uma cirurgia simples, segura e rápida, que pode ser feita em ambulatório, com anestesia local e sem necessidade de internação. A cirurgia interrompe a circulação dos espermatozoides produzidos pelos testículos, impedindo a gravidez.

O procedimento não causa nenhum problema de saúde para o homem e não altera sua vida sexual. O seminal (líquido produzido na próstata e na vesícula) continua sendo eliminado normalmente durante a ejaculação. Assim sendo, não há interferência na função erétil ou na potência sexual.

Os métodos contraceptivos, irreversíveis ou de carácter definitivo são distribuídos gratuitamente pelo SUS. Procure por avaliação médica e saiba mais sobre.

Fonte: Brasil. Ministério da Saúde. Blog da Saúde. Métodos Contraceptivos. http://www.blog.saude.gov.br/index.php/35440-conheca-mais-sobre-os-metodos-contraceptivos-distribuidos-gratuitamente-no-sus-parte-i.

http://www.blog.saude.gov.br/index.php/35441-conheca-mais-sobre-os-metodos-contraceptivos-distribuidos-gratuitamente-no-sus-parte-ii.