As mulheres tem uma tendência maior de cuidar da saúde, já o homem com o pensamento de sexo forte, tem uma tendência maior à falta de cuidado. Isso faz com que seja grande o índice de homens em serviços emergenciais em situações graves.

Um agravo na saúde do homem é a automedicação, o índice de homens que procuram atendimento médico e tratamento adequado é baixo, já nas mulheres é de cerca de 90 %.

Quais as doenças que mais acometem os homens?

Os índices de doenças mais comuns são:

  • Doenças no fígado
  • Aparelho digestivo (como ulceras gástrica e duodenal).
  • Doenças Cardiovasculares (Hipertensão e infarto agudo do miocárdio).
  • Câncer de Próstata (Segundo mais comuns entre os homens).
  • Câncer de pele, não melanoma (O mais comum entre os homens e pouco falado).
  • Tumor de testículo (Apesar de raro, preocupa porque a maior incidência é em homens em idade produtiva – entre 15 e 50 anos).
  • Câncer de Pênis (é um tumor raro, porem pode atingir também os mais jovens).
  • Doenças do Aparelho Respiratório (câncer de pulmão é a primeira causa de morte por câncer, sendo o mais comum de todos os tumores malignos).
  • Causas externas (eventos no transporte, homicídios, agressões, quedas, afogamentos, suicídios e entre outras).

As questões do dia a dia, como o trabalho e outros afazeres, limitam os homens de estar indo até a unidade de saúde. Por isso o ideal é a cada 6 meses ser agendando uma consulta de rotina e realizar todos exames preventivos para uma atenção melhor a saúde.

Enfermeira orientadora Mariana de Santana Galhasso.

Fonte: As principais causas de adoecimento e morte em homens no brasil. Disponível em: http://www.unifia.edu.br/revista_eletronica/revistas/saude_foco/artigos/ano2014/saude_do_homem.pdf.

Saúde do Homem no SUS. Disponível:  http://portal.saude.sp.gov.br/resources/instituto-de-saude/homepage/bis/pdfs/bis_v14_1.pdf.