Gravidez de gêmeos

0
82

O termo gravidez “múltipla” ou gravidez de gêmeos é usada para descrever o desenvolvimento de mais de um feto no útero ao mesmo tempo. A sua ocorrência tem aumentado pela procura de procedimentos em reprodução humana assistida.

A duração da gravidez múltipla tende ser mais curta do que a de uma gravidez única. A duração média é de 37 semanas de gestação.

Como descobrir se estou grávida de gêmeos?

Geralmente, a descoberta é feita pela realização do exame de ultrassonografia. O diagnóstico pode ser feito com seis semanas de gestação, ou mais tarde, quando a mulher realizará outras ultrassonografias.

O diagnóstico também pode ser feito pela medição da altura do fundo do útero,quando gemelar é maior que o normal para gestação única, e pela ausculta de dois focos distintos de atividade cardíaca, o que só pode ser percebido a partir do segundo trimestre.

Como funciona o pré-natal de gêmeos?

A gravidez de gêmeos é considerada de alto risco, por isso, a futura mamãe passará em um maior número de consultas de pré-natal para avaliação do bem estar dela e dos seus bebês.


Quando os bebês estão ligados à mesma placenta (monocoriônicos), o risco de complicações é maior, portanto o acompanhamento do pré-natal é ainda mais cuidadoso.

Quais os problemas mais comuns em uma gestação de gêmeos?

Grávidas de gêmeos têm maior chance de aborto espontâneo ou de parto prematuro. Geralmente as alterações surgem no segundo trimestre de gestação, e os mais comuns são:

  • Diabetes gestacional;
  • Anemia;
  • Hipertensão arterial específica da gravidez;
  • Pré eclâmpsia;
  • Maior ocorrência de câimbras e inchaço;

Além das alterações citadas, os enjôos, o inchaço, a dificuldade para dormir, as alterações de humor e o ganho de peso costumam ser mais severos.

Como é o parto de gêmeos?

A via de parto da gestação gemelar deve ser cuidadosamente avaliada, pois tem o objetivo de evitar complicações materno fetais. Na maioria dos casos, a cesárea está recomendada em caso de parto de gêmeos porque os bebês não estão voltados de cabeça para baixo. Porém, nos casos em que eles estão nessa posição, é possível fazer parto normal.

Conheça também: Amamentar gêmeos simultaneamente

 

Alô Mãe Paulistana

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here