Devido a alterações hormonais, a gestante tem pele mais sensível a alterações.

É comum o aumento da pigmentação e o aparecimento de algumas manchas de coloração escura que podem desaparecer após a gestação com normalização dos hormônios.

Porém com a chegada do verão aumentam as atividades realizadas ao ar livre e a exposição ao sol pode tornar essas manchas permanentes.

Vamos às dicas: 

O protetor solar deve ser utilizado para proteger a gestante contra os raios UVA/UVB e evitar as manchas na pele.

Atenção! Aplique o produto 30 minutos antes da exposição solar, para que a pele o absorva. Reaplique-o a cada duas horas, mas fique atento, esse tempo diminui se houver transpiração excessiva ou se você entrar na água.

Aplique o protetor uniformemente em todas as partes de corpo, isso inclui, mãos orelhas, nuca e pés.

Além do protetor solar, é recomendado o uso de chapéus, viseiras e óculos de sol para ajudar na proteção contra os raios ultravioletas.

E é importante evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h.

As gestantes estão mais propensas a ter pressão arterial mais baixa e retenção de líquidos, e o calor excessivo durante o verão pode aumentar esses sintomas, para evitar e esse desconforte é necessário tomar alguns cuidados:

Ingerir bastante água, em média 2,5 litros a 3 litros por dia, e manter uma alimentação regular com intervalo de 3 horas.

Dê preferência por alimentos cozidos, carnes magras e grelhadas, frutas, verduras e legumes.

Fonte:

http://www.sbd.org.br/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-verao/ http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_atencao_basica_32_prenatal.pdf