De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, 36% da população apresentam miopia e 34% hipermetropia.

Juntamente ao astigmatismo, os erros refrativos podem surgir também em crianças (Os erros refrativos ocorrem quando a luz que entra no olho não forma uma imagem na retina).

Os problemas mais comuns

Hipermetropia

Acontece quando o olho é um pouco menor do que o normal e provoca um desfoque diferente. É muito comum na infância e tende a desaparecer conforme o desenvolvimento.

Especialista diz que com baixa acuidade visual e astenopia, corre o risco de desinteressar por atividades como:

  • Trabalhos manuais
  • Leituras
  • Na sala de aula, pode se mostrar dispersa.

Miopia

Acontece quando a pessoa só consegue ter boa visão de perto e quando afastado fica desfocado. Essa alteração costuma aparecer em crianças perto dos 8 anos de idade.

Astigmatismo

A especialista diz que o astigmatismo é determinado por curvaturas diferentes entre os dois meridianos principais da córnea e/ou do cristalino, fazendo com que os raios de luz não caiam no mesmo ponto da retina. A criança astigmata pode apresentar deficiência para enxergar de perto e para longe nos altos graus. Apresentam frequentes dores de cabeça e ardência nos olhos.

Importante se atentar aos sintomas das crianças e buscar o especialista para que não aconteçam problemas no desenvolvimento da criança.

Programa Alô Mãe