Entre 6 e 7 meses:

-Com ajuda apresenta equilíbrio quando colocado sentado;

-Gosta de conversar;

-Quando ouve uma voz ou objeto que emita som, procura com o olhar;

-Pega tudo e leva à boca;

-Entende algumas palavras como (o nome dele, “mamã”, “papá”…), virando a cabeça quando é chamado.

Entre 7 e 9 meses:

-Não gosta de ficar sozinho;

-É muito curioso, por isso não se deve deixar ao seu alcance: remédios, inseticidas e pequenos objetos;

-Senta, se arrasta ou engatinha sem apoio;

-E partir dos 8 meses tem maior entendimento de si próprio.

Entre 9 e 12 meses:

-Já fica em pé com apoio dos móveis ou das pessoas;

-Imita os pais como dar tchau e bater palmas;

-Aponta para objetos que deseja;

-Sua visão já é igual a de um adulto;

-Começa a brincar com os objetos com o seu real objetivo (Ex: Como colocar o telefone no ouvido);

-O bebê está mais sociável e tem interesse pela interação com outros bebês;

Fontes:

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde da criança : crescimento e desenvolvimento / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2012.272 p.: il. – (Cadernos de Atenção Básica, nº 33)