O preservativo masculino é um método de barreira e se bem utilizado é muito eficaz contra a infecção HIV/aids e IST´s como sífilis, gonorréia, herpes genital, hepatites virais, HPV entre outros, além de ser eficiente como método contraceptivo para evitar uma gestação indesejada.

O preservativo masculino é feito com borracha á base de látex e deve ser colocado com o pênis ereto antes da penetração.

Possui uma taxa de falha de aproximadamente 14%. A eficácia é de 97% com o uso perfeito (uso correto e consistente) e 86% com o uso típico.

Onde retirar?

Você pode retirar em qualquer unidade de saúde, e na quantidade que necessitar.

Caso você não saiba onde retirá-los, ligue para o Disque Saúde (136).

Como usar?

Manusear a camisinha é muito fácil. Treine antes, assim você não erra na hora.

Durante as preliminares, colocar a camisinha no(a) parceiro(a) pode se tornar um momento prazeroso.

Basta seguir o modo correto de uso

 

Principais Cuidados

  • Guardar o preservativo em local fresco e seco.
  • Nunca abrir a embalagem com os dentes ou outros objetos como tesouras.
  • Apertar a ponta do preservativo enquanto desenrola na base do pênis para retirar o ar. Se o reservatório destinado ao sêmen estiver com ar, o preservativo pode estourar.
  • Se for utilizar lubrificante, só é permitido lubrificante a base de água, pois a Vaselina e os lubrificantes á base de petróleo podem causar rachaduras e assim o preservativo perde sua eficácia.
  • Tirar o preservativo com o pênis ainda ereto
  • Usar um preservativo por relação sexual, pois o uso do preservativo por mais de uma vez não previne contra as IST´s e gravidez.

 

Referências

Marfatia YS, Pandya I, Mehta K. Condoms: Past, present, and future. Indian J Sex Transm Dis AIDS. 2015 Jul-Dec;36(2):133-9 < Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4660551/> Acesso em 31/10/2020.

Ministério da Saúde. Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis. Preservativo. < Disponível em http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/prevencao-combinada/preservativo> Acesso em 31/10/2020.