O nascimento de um bebê,  além de encher a família de alegria, é um momento que a atenção se volta para o bebê. É importante saber que o cuidado com a mãe é super importante e requer alguns cuidados essenciais.

Período dos primeiros 45 dias pós parto (chamado de puerpério) ocorrem varias modificações físicas, hormonais e psicológicas em um curto período de tempo.

Para as mamães que acabaram de ter bebê, o Ministério da Saúde recomenda alguns cuidados para o período do puerpério.

Mães que tiveram seu filho de parto NORMAL

Se houve corte próximo à vagina (episiotomia), mantenha a cicatriz bem limpa, lavando-a com sabonete durante o banho ou após fazer suas necessidades, e secando bem o local.
A região em cicatrização pode ficar dolorida. Os pontos devem cair sozinhos.

Mães que tiveram seu filho de CESARIANA

Mantenha a cicatriz bem limpa, lavando com sabonete durante o banho e secando-a bem. Os pontos deverão ser retirados de 8 a 10 dias, na Unidade de Saúde.

O útero estará voltando ao tamanho normal. Por isso é comum ter cólicas, que, às vezes, aumentam durante a amamentação. Por mais ou menos um mês pode acontecer uma secreção que sai pela vagina, que no início é como um sangramento e depois vai diminuindo e clareando gradativamente.

Se houver dor na parte de baixo da barriga, sangramento vaginal com cheiro desagradável e febre, o recomendado é procurar rapidamente uma Unidade de Saúde. Pode haver um quadro de infecção que necessita de tratamento.

A mãe passou por transformações da gestação e do parto, e poderá se sentir frágil e insegura em alguns momentos. Se esses sentimentos aparecerem, é fundamental lembrá-la de que esta fase é passageira e que logo ela e o bebê estarão mais confortáveis nesta nova vida.

Outros cuidados importantes

Consulta:

A mãe e o bebê devem retornar à Unidade de Saúde nas primeiras semanas após o parto. Sempre que possível, acompanhada do pai do bebê ou do(a) parceiro(a) ou um familiar. O atendimento nesse período é importante para:

•Saber como está a saúde da mãe e do bebê;
•Avaliar a amamentação e o sangramento vaginal;
•Observar a cicatrização e retirar pontos, se necessário;
•Examinar o bebê, vacinar e realizar o teste do pezinho;
•Discutir se deseja ou não uma nova gravidez e sobre os métodos anticoncepcionais.

Relação Sexual: 

As relações sexuais deverão aguardar em média 40 dias, tempo para o organismo da mulher se recuperar. Independentemente do tipo de parto, é comum a vagina ficar ressecada e poderá haver certo desconforto na relação sexual, mas o corpo deve voltar ao normal.

Fonte:

Ministério da Saúde. Blog da Saúde. Disponível em:http://www.blog.saude.gov.br/promocao-da-saude/50212-puerperio-periodo-pos-parto-requer-cuidados-especiais. Acesso em 09/03/2019.