Cuidados com o bebê prematuro

É considerado prematuro quando nasce antes de 36 semanas gestacionais. Deve ter bastante cuidado, pois quando mais cedo o nascimento maior o risco a saúde da criança. Existe uma classificação conforme o nascimento, como:

  • Prematuro limítrofe: nasceu entre 37 e 38 semanas
  • Prematuro moderado: nasceu entre 31 e 36 semanas
  • Prematuro extremo: nasceu entre 24 e 30 semanas.

Causas da prematuridade

As causas da prematuridade são variadas, os fatores mais comuns para a prematuridade são:

  • Infecção urinária
  • Pressão alta
  • Descolamento prematuro da placenta
  • Diabetes gestacional
  • Distúrbios da tireóide
  • Infecções congênitas, como toxoplasmose, citomegalovírus, sífilis, AIDS
  • Uso de bebidas alcoólicas e drogas ilícitas.
  • Malformações fetais
  • Presença de síndrome genética.

O que acontece na maternidade

  • O prematuro fica em uma incubadora para manter a temperatura do corpo estabilizada,
  • Os controles vitais como pressão arterial batimentos cardíacos e a respiração são monitorados 24 horas.
  • Os níveis de sódio, potássio e fluídos no corpo do bebê prematuro também serão monitorados.
  • A alimentação é feita intravenosa ou leite materno por sonda nasal.
  • Em alguns casos o prematuro necessita de transfusão sanguínea, pois ainda não consegue produzir as suas próprias células vermelhas.
  • Dependendo do caso, precisa tomar medicamentos ou passar por cirurgia conforme as complicações apresentadas

Cuidados Especiais com prematuros

De uma forma geral os cuidados pouco se modificam ao de um bebê que nasce no tempo ideal. Porém existem situações em que a atenção deve ser redobrada, então segue uma cartilha especializada em cuidados com a criança prematura do Ministério da Saúde para melhores informações.

 

Programa Alô Mãe