Os primeiros 3 meses de gestação são marcados por muitas mudanças, esses meses são de grande importância para o desenvolvimento do bebê e acontecem inúmeros sintomas indesejados. Pensando na melhor forma de passar por isso, segue abaixo os sintomas principais dessa fase e algumas dicas para alivia-los.

Sono em excesso e alguns episódios de tonturas

Isso acontece devido o aumento dos hormônios no organismo para a formação do feto.

É Indicado:

  • Descansar o máximo possível
  • Ingerir bastante líquidos (de preferencia água) e manter uma boa alimentação.

Urinar com mais frequência

Devido aumento do útero ocorre à compressão da bexiga, por isso as vontades de ir ao banheiro ficam mais frequentes.

É Indicado:

  • Tomar bastante liquido, de preferencia água
  • Manter uma boa higiene
  • Não prender a urina por muito tempo

Na gestação podem acontecer algumas alterações urinarias. (Se caso começar a sentir ardência e urina mais escurecida busque atendimento médico para avaliação).

Salivação em excesso

Sintoma comum que começa na 6º semana e geralmente para na 20º semana.

É Indicado:

  • Não cuspir
  • Tomar líquidos em pequenas quantidades nos intervalos das refeições
  • Alguns casos alivia ao escovar os dentes no inicio dos sintomas.

Enjoos

Devido o aumento da progesterona (hormônio essencial para a gestação) faz com que a digestão dos alimentos fique mais lenta, provocando enjoos e vômitos. Isso costuma a melhorar após á 20 º semana de gestação.

É Indicado:

  • Manter uma boa alimentação (mesmo que passe mal) comer em pequenas quantidades e varias vezes por dia.
  • Mastigue bem os alimentos.
  • No momento do enjoo, dê preferência a alimentos mais secos, como torradas, biscoitos de sal.
  • Evite sentir cheiros e sabores muito fortes, além de alimentos muito quentes, pois podem provocar mais enjôo.
  • Evite passar mais de três horas sem se alimentar

Sintomas para buscar atendimento médico

  • Vômitos se apresentarem muito frequentes e fortes
  • Cólicas fortes e frequentes
  • Sangramentos
  • Corrimento de coloração diferente e/ou apresentando cheiro forte
  • Muito inchaço nos pés, nas pernas e no rosto.
  • Dor ou ardor ao urinar
  • Dor de cabeça forte e visão embaralhada

Enfermeira Orientadora do Programa Alô Mãe Mariana S. Galhasso.

Fonte: http://www.redeblh.fiocruz.br/media/conversando_gestante[1].pdf