O QUE É? QUAIS OS SINTOMAS E TRATAMENTO?

O que é caxumba?

A caxumba também conhecida como papeira é uma doença infecciosa aguda e muito comum em crianças. Caracterizada pelo aumento de volume de uma ou mais glândulas salivares, como a glândula parótida (mais comum), submaxilares e sublinguais.

A doença pode ser transmitida através de contato direto com uma pessoa infectada através da secreção e geralmente não oferece  maiores riscos além do desconforto.

E os sintomas?

Os sintomas iniciais são: febre baixa, mal-estar, dor muscular, otalgia (dor no ouvido, dificuldade para comer e engolir.

Após algumas horas ou dias, evidencia-se o edema da parótida (inchaço), de um ou ambos os lados,  náuseas, vômitos, dor no abdômen superior, rigidez na nuca e dor de cabeça.

A criança pode ter caxumba sem apresentar qualquer sintoma, ou apresentar apenas sinais  brandos da doença.

As principais complicações da doença em crianças são:

  • Pancreatite aguda (inflamação  do pâncreas);
  • Meningite viral (atinge as membranas que envolvem o encéfalo);
  • Meningoencefalite (inflamação que atinge o encéfalo e as meninges);
  • Surdez, embora os casos sejam muito raros.

O diagnóstico é feito através de avaliação clinica  e de exames de sangue que detectam a presença de anticorpos contra o vírus da caxumba.

É muito difícil  o quadro de reinfecção pelo vírus da caxumba. Pois, uma vez infectada, a criança adquire imunidade contra a doença. Mais vale salientar que, se a infecção se manifestou apenas de um lado, o outro pode ser afetado em outra ocasião.

Tratamento de Caxumba

Assim como qualquer outra doença a avaliação médica é de extrema importância. Portanto, evite uso de qualquer medicamento por conta própria e procure avaliação de um profissional para diagnóstico e tratamento.

No convívio do dia a dia, procure evitar compartilhar objetos pessoais, tais como: brinquedos, mamadeiras, cobertor, entre outros.

Vacinas

A vacina é a melhor maneira de prevenir. No calendário básico de vacinação infantil é recomendada a aplicação da vacina de caxumba (vacina tríplice viral). O calendário recomenda:

  •  Aos 12 meses de idade: administrar uma dose da vacina tríplice viral.
  •  Aos 15 meses de idade: administrar uma dose da vacina tetra viral. Esta vacina pode ser administrada até os 23 meses e 29 dias de idade. Após esta faixa etária, completar o esquema com a vacina tríplice viral.

Por isso, fique atenta e mantenha sempre atualizada a caderneta de vacinas.

IMPORTANTE! Para as gestantes, o ideal é afastar-se do doente/criança até que o médico responsável pelo pre natal oriente os devidos cuidados.

Cuidados importantes:

Manter vacinas sempre atualizadas;

Mantenha a criança em repouso até que tenham desaparecido os sintomas;

Procure oferecer alimentos líquidos ou pastosos, que são mais fáceis de engolir;

Conheça também: Pronação dolorosa: atenção ao puxar uma criança pelos braços.

 

Alô Mãe Paulistana