Durante o período do trabalho de parto a mulher está sob o efeito do hormônio ocitocina que naquele momento é responsável pelas fortes dores e contrações uterinas. Mas a ocitocina exerce outra função importantíssima após o parto, auxilia na Apojadura, o que chamamos de descida do leite.

E é exatamente por esse motivo que é importante ter contato com bebê pele a pele na primeira hora pós-parto e já amamentar, quanto mais próximo do bebê e quanto rápido for estabelecido esse vínculo mãe e filho mais hormônio ocitocina será liberado e dessa forma melhor será a Apojadura.

A Apojadura é o preparo da mama para a produção de leite que, geralmente, acontece em até 5 dias após o parto. Neste período, as mamas ficam maiores e bem cheias, por igual, e algumas vezes quentes. É normal haver um pequeno fluxo de leite, começando a descer em forma de gotinhas, que é suficiente para o bebê ficar satisfeito.

A mãe que amamenta em livre demanda tende a acelerar a descida do leite, isto é, a apojadura acontece logo e é rápida.

Em caso de dúvidas, procure os profissionais de saúde no Banco de Leite Humano mais próximo de sua casa ou entre em contato com equipe Alô mãe no 0800-200-0202. Nossos enfermeiros estão á disposição de segunda á sexta das 8h ás 20h e aos sábados das 8h ás 17hs.

 

Referências

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Saúde da Criança. Aleitamento Materno e Alimentação Complementar. Brasília, 2015.

RBLH BRASIL. Portal Fiocruz. Apojadura: entenda como lidar com a descida do leite <Disponível em https://rblh.fiocruz.br/apojadura-entenda-como-lidar-com-descida-do-leite> Acesso 17 de Out.2020.