A escala de APGAR, também conhecida como índice de APGAR  é uma avaliação feito no recém nascido que tem como objetivo avaliar a vitalidade do recém-nascido, a escala varia de 0 a 10 e é realizada nos primeiros minutos após o nascimento, o teste de Apgar foi criado em 1952.

Realizado no primeiro e no quinto minuto de vida da criança, o teste baseia-se em cinco critérios de avaliação:

    • Frequência cardíaca: Avalia os batimentos por minuto, inferior ou superior.
    • Esforço respiratório:É observado se o choro é lento, fraco, irregular, entre outros.
    • Tônus muscular: Flacidez (nenhuma ou pouca atividade), muita atividade: braços e pernas flexionados, que resistem à extensão;
    • Prontidão reflexa: Careta ou estimulação agressiva ou choro vigoroso, tosse ou espirro
    • Cor da pele: Cianose (coloração azulada) ou palidez, outro exemplo é corpo e extremidades rosados.
Qual é a nota de Apgar ideal?
Crianças que recebem o resultado de Apgar entre 8 e 10 são considerados saudáveis, com boa adaptação e não passaram por asfixia (dificuldade ou impossibilidade de respirar).
Os que adquiriram o resultado de 6 a 7 enfrentaram uma asfixia leve e transitória
Os avaliados entre 3 e 5 tiveram uma asfixia moderada e de 0 a 3, grave.

Esses dados permitem que outro pediatra que não tenha participado do parto tenha noção das condições respiratórias, circulatórias e neurológicas daquela criança.