O aborto é uma notícia devastadora para muitas mulheres que tem o desejo de se tornar mãe, mas é comum ocorrer com várias mulheres.

É a mais comum intercorrência obstétrica até 20% das gestações evoluem para o aborto antes de 20 semanas, sendo que, destas, 80% são interrompidas até a 12ª semana.

Causas do aborto

A maioria dos abortos ocorre devido a fatores genéticos e/ou malformações.

São possíveis causas: alterações hormonais/ imunológicas da gestante, traumatismos (grandes impactos), infecções, alterações de coagulação sanguínea e na estrutura uterina.

Tipos de aborto:

  • Precoce: quando a perda do feto acontece antes da 12ª semana de gestação.
  • Tardio: quando a perda do feto entre a 12ª e a 20ª semana de gestação.
  • Inevitável – quando o feto perde a vitalidade e não existe possibilidade de evolução da gestação.
  • Abortamento habitual: ocorrência de três abortos espontâneos consecutivos. Neste caso o casal deve procurar avaliação médica para pesquisar a possível causa.
  • Incompleto: quando ocorre à expulsão de apenas parte do feto.
  • Completo: quando ocorre a expulsão de todo o feto.
  • Retido: quando o feto está retido morto no útero por 4 semanas ou mais. Geralmente, a conduta neste caso é o esvaziamento uterino por curetagem ou aspiração manual para retirada do feto.
  • Infecioso: quando apresenta infecção uterina antes, durante ou após um aborto.

Fatores de risco

  • Idade materna: aumenta em 40% aos 40 anos e 80% aos 45 anos.
  • Antecedente de aborto espontâneo: aumenta após duas ou mais perdas;
  • Tabagismo: aumenta em 3 vezes a chance de abortar.
  • Consumo de álcool e drogas;
  • Extremos de peso: Obesidade (peso maior que 90 Kg) e baixo peso (peso menor que 45 Kg).

Sinais de alerta (possíveis sinais que a gestante pode apresentar):

Sangramento vaginal, com ou sem cólicas;

Um coágulo de sangue ou um jato de líquido claro ou rosa que passa pela vagina;

Quando posso engravidar novamente?

Recomenda-se que a mulher deve aguardar um período de 6 meses á 1 ano para o útero se preparar para uma nova gestação.

Os nossos enfermeiros estão disponíveis para esclarecer essa e outras dúvidas. Se preferir, entre em contato conosco pelo 0800 200 0202 ou via Chat.