Nessa fase a sua linguagem já está mais elaborada, tendo capacidade de compreender e falar um número maior de palavras. Mas para se comunicar ainda usa mímica e gestos.

A criança deixa de ser vista como um bebê, e tornando-se independente para realizar ações do tipo:

  • Manipula objetos com as mãos mais firmemente (colher para comer elápis de cor para desenhar);
  • Questionamentos são mais frequentes “Por quê?” e cadê?;
  • Já consegue realizar atividades com outras crianças, como por exemplo: ouvir histórias e correr;
  • O choro é persistente quando seus desejos não são atendidos;
  • Consegue identificar algumas partes do corpo e objetos (Olhos, cabelos, mãos, pés, boca, nariz e sapatos).

Dia a dia

Faz parte de o desenvolvimento

  • Opinar nas suas próprias roupas (¨não quero¨ ou ¨essa¨);
  • Ler historinhas e ver livros, de preferência, livros que tenham figuras coloridas;
  • Estimular a pronunciar de forma correta novas palavras (nomes de animais, cores, pessoas e objetos);
  • Incentivar a brincar com outras crianças;

Fique atento: Parabenizar a sua criança por ter realizado atividades de forma correta é um doce carinho e também estimula no seu desenvolvimento.

Vacinas

Nessa fase não possui vacina especifica para a idade,se atentar as vacinas em campanhas.

Alimentação

Cada criança tem suas necessidades nutricionais diferenciada, sendo indiscutível conversar com o médico sobre os alimentos mais indicados para nutri-lo de forma saudável.

Pais podem ofertar alimentos variados como: grãos integrais, proteínas, frutas, legumes e verduras, esses alimentos são essenciais para o desenvolvimento do corpo e do cérebro. No caso de crianças que estão no sobrepeso e baixo peso deve conversar com o médico para uma melhor avaliação.