Sexo após o parto

0
60

É comum que o desejo sexual da mulher diminua após o nascimento do bebê, mesmo depois que o médico libere as relações sexuais. E pode persistir por meses.

Dentre os fatores que contribuem para a falta de libido, vemos que um dos principais é o enorme cansaço de cuidar do bebê recém-nascido em tempo integral.

Também observamos que o cansaço é físico e emocional, pois a criança exige atenção constante, e o contato físico também é permanente, ou seja, ela está sempre no colo ou mamando no peito.

E então, quando finalmente a mulher tem um tempinho para si, ela só pensa em descansar e em ficar sozinha. Assim, o sexo vai ficando de lado, e deixa de se tornar uma vontade constante.

Seu organismo ainda está se recuperando da gravidez e do parto, pois é visto grandes modificações em seu corpo, inclusive as mudanças hormonais.

Elas ainda continuam por algum tempo, e de certa forma, podem desequilibrar a mulher em todos os sentidos. Pode ser que a mulher tenha medo da relação, por achar que vai doer, por exemplo. E ela sabe que seu corpo está diferente, podendo influenciar em sua autoestima.

Também pode haver o medo, consciente ou inconsciente, de engravidar de novo. Mas para isso temos os métodos contraceptivos adequados para o pós-parto e a amamentação.

Mesmo que esteja sem vontade de ter as relações sexuais, é importante usar o método anticoncepcional, porque na hora em que a vontade aparecer, e ela vai aparecer, a chance de uma nova gravidez será quase nula.

E não se preocupe, pois há luz no fim do túnel. Você irá perceber que essa falta de libido é temporária, e que com o tempo o relacionamento sexual volta, e pode ser que até fique melhor do que antes!

 

Programa Alô Mãe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here